Ótima notícia para a saúde da Baixada Santista: Em reunião, em Brasília, com representantes dos nove municípios da Região, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, confirmou o repasse de R$ 10 milhões por mês para utilização em procedimentos de Média e Alta Complexidade. Ao ano, são R$ 120 milhões, quase a metade do que é hoje repassado, cerca de R$ 247 milhões. Antes do encontro no Ministério da Saúde, autoridades se reuniram com o presidente Michel Temer.

Baixada
Políticos da Baixada Santista em Brasilia. (Foto: assessoria)

A reunião foi um desdobramento da radiografia da saúde, apresentados pelo Conselho de Desenvolvimentos da Região Metropolitana da Baixada Santista – Condesb, no último dia 29 de junho em Praia Grande, que detalhou que os nove municípios da Região somaram a defasagem de R$ 100 milhões em relação à média de repasse no Estado.

Presente nas reuniões, o deputado Cássio Navarro destacou que valor é suficiente para suprir a defasagem. “O valor representa quase 50% a mais do que é repassado para a nossa região. Estou feliz e confiante de que esses recursos vão aliviar os problemas da saúde na nossa região”, afirmou.

O encontro em Brasília rendeu ainda outras novidades para área da saúde. O Governo Federal prometeu o envio de 12 novas ambulâncias para a Baixada Santista, a renovação da frota de veículos do SAMU com mais de cinco anos de uso e liberou as prefeituras para fazerem a contratação direta de médicos da organização Pan-Americana de Saúde.

Além da garantir o aumento do teto financeiro de média e alta complexidade, o grupo reivindicou ainda a liberação de mais recursos para a realização de cirurgias eletivas, a recomposição da Rede Cegonha (recursos e estratégia para reduzir o índice de mortalidade infantil), a ampliação do Programa Mais Médicos e Estratégia de saúde da família, o aumento do número de leitos hospitalares, a habilitação e credenciamento de serviço de alta complexidade ambulatorial em nefrologia (Doença dos rins) e maior oferta às unidades não hospitalares de urgência e emergência (UPAs).

“Quero agradecer ao presidente Michel Temer pela atenção e prontidão com que nos recebeu e destacar que isso não seria possível sem o empenho do presidente do Condesb e prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão, bem como os demais prefeitos, deputados e vereadores da região. Esta foi, sem dúvidas, uma conquista, mas não podemos parar, continuaremos em busca de investimentos”, mencionou Navarro.

|Políticos da Baixada participaram

Participaram da comitiva em Brasília, representantes dos nove municípios da Região Metropolitana da Baixada Santista, entre eles os prefeitos, Alberto Mourão (Praia Grande), Paulo Alexandre Barbosa (Santos), Caio Matheus (Bertioga), Luiz Maurício (Peruíbe), Pedro Gouvêa (São Vicente), Válter Suman (Guarujá), e os vices de Mongaguá (Márcio Cabeça), Itanhaém (Tiago Cervantes) e de Cubatão (Pedro de Sá), deputados federais e estaduais, vereadores e secretários da Saúde.

PRAIA GRANDE NA TELA

DEIXE UM COMENTÁRIO